Visitante número

terça-feira, 21 de agosto de 2007

SEMANA NACIONAL DO EXCEPCIONAL – 2007

“Participação e Autogestão: em busca da igualdade de oportunidades”.






Do dia 21 a 28 de agosto, é comemorado a Semana Nacional do Excepcional, ou seja, é um movimento apaeano onde busca a conscientização e o exercício pleno dos direitos das pessoas com deficiência. Sabe-se que a inserção de pessoas especiais na sociedade brasileira ainda há diversos obstáculos.

O preconceito é notório em grande parcela da população, quando percebe sua negação ou coisificação do ser humano com alguma deficiência. Um tabu em pleno o século XXI, que aceitar o “Outro”, o “Diferente” é ainda preciso quebrar correntes que possibilite a aproximação destes e o conheçam a sua essência, a sua forma de viver.

Dia da Consciência Negra, o grito dos negros. A Parada Gay, o grito dos homossexuais. O Dia do Índio, o grito dos Índios.As rebeliões, o grito dos prisioneiros. E por fim, a Semana Nacional do Excepcional, o grito das pessoas Especiais. EU EXISTO!!!


Breve Histórico – Matéria da Apae Brasil




A Organização dos Estados Americanos – OEA declarou a “Década das Américas: pelos Direitos e pela Dignidade das Pessoas com Deficiência, durante o período 2006-2016”, elegendo como lema: IGUALDADE, DIGNIDADE E PARTICIPAÇÃO. Tal declaração visa alcançar o reconhecimento e o pleno exercício dos direitos e da dignidade das pessoas com deficiência, e seu direito de participar plenamente da vida econômica, social, cultural, política e no desenvolvimento de suas sociedades, sem discriminação e em situação de igualdade com os demais cidadãos.

Diante disso a Federação Nacional das Apaes entende como sendo fundamental a adoção deste mesmo lema para os próximos dez anos – Igualdade, Dignidade e Participação – e a eleição de um tema anual em consonância com essa declaração.

Em 2007, a Federação Nacional das Apaes elegeu o tema: “Participação e Autogestão: em busca da igualdade de oportunidades” que, além de estar consoante com o nosso Planejamento Estratégico e pensada no contexto da Década das Américas, contribuirá para reforçar a idéia de que o exercício dos direitos das pessoas com deficiência passa, necessariamente, pela ampliação dos espaços e das possibilidades da própria pessoa falar por si e defender suas opiniões.

Tradicionalmente, temos escolhido um tema anual para a Semana Nacional do Excepcional, no intuito de mobilizar a rede apaeana, sensibilizar e conscientizar a sociedade em geral e ao Governo nas suas diferentes esferas, sobre os direitos fundamentais da cidadania plena das pessoas com deficiência.

O tema proposto deverá, por sua vez, tanto orientar as ações de mobilização da rede apaeana durante a Semana Nacional do Excepcional em sua edição 2007 quanto servir de eixo gerador de reflexões e debates a serem realizados no decorrer do ano.

Apae de Itararé está realizando, nos dia 20, 21 e 22 feira de artes visuais e exposição de artesanato na entidade. A partir do dia 23, as artes visuais e artesanatos estarão na Praça São Pedro, até dia 28 de agosto. Compareça e confira os trabalhos realizados pela entidade.


"Triste época! É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito." Albert Einstein

2 comentários:

José Rodolfo Klimek Depetris Machado disse...

Muito bom! Parabéns, o que mais eu posso dizer? Está aí um bom alerta e uma ótima mensagem. Todos nós somos especiais, tentar dizer quem é "normal" ou não é pura besteira. E as piores deficiências estão no caráter, escondidas em carapaças lustrosas de rostos simpáticos e falsos. Vou conferir a exposição na praça pode deixar, nos vemos lá, até mais.

Bruno Vilela Muniz disse...

Bom seria se não precisasse ter que fazer uma semana para conscientizar a população de que o excepcional existe.